quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

LIXEIRO OU PRESIDENTE?




O mais baixo na escala do trabalho. O mais baixo nem sempre representa o menos importante. No caso dos lixeiros é absolutamente o contrario. Podem representar os salários mais baixos, porém sua função é a mais importante numa sociedade consumista e mal educada. Imaginem ficar sem lixeiro e varredores. Pontas de cigarros, latas, papéis de balas, restos de comida e tudo que jogamos fora diariamente. Em uma semana seriamos sufocados, passaríamos a viver no mau cheiro lado a lado com ratos e baratas. O grande problema do país não é o salário, mas a falta de respeito com nossos semelhantes. Muitos que ocupam o mais alto na escala do trabalho são verdadeiros lixos que só servem para fomentar a luta entre ratos. Roubam a dignidade de pessoas que realmente limpam a sujeira do nosso país. Agradeço a todos que por vocação tem o dom de servir ao próximo. Como ficaríamos sem os lixeiros, varredores, faxineiros, diaristas e todos que nos servem diariamente?Por outro lado como ficaríamos sem alguns presidentes, senadores, deputados, vereadores e afins?Todo trabalho honesto deve ser honrado, incentivado e valorizado. O comportamento moral é o que diferencia o cidadão importante do desprezível. Escolha deque lado quer ficar.

EDUCAÇÃO,SAÚDE E SOLIDARIEDADE.

5 comentários:

  1. Muito legal essa sua postagem,tá certo que todos querem ser importantes...mas justamente os considerados por muitos menos importantes são na verdade aqueles que fazem o mundo funcionar . Parabéns ,vc foi politicamente correto! eu sou a @helenablll>>> To contigo!

    ResponderExcluir
  2. Olá colega,


    Acaba de ser criado uma rede social apenas para quem tem blog.

    Além de comunidades e fóruns, os membros terão à disposição um feed coletivo com as atualizações de todos os blogs dos membros.

    É uma nova maneira de você divulgar o seu blog.

    Torne-se um dos primeiros membros do ' Blogueiros do Brasil ' e tenha os seus posts no topo da página, na seção ' Posts Recentes '
    .

    http://blogueirosdobrasil.ning.com/



    Um abraço e sucesso !

    ResponderExcluir
  3. Parabens pelo texto, e de repente o Sr. Casoy deveria pensar que poucos têm a oportunidade de estudar e ter uma profissão que não faça parte do "mais baixo na escala de trabalho". Pré-conceito burro desse jornalista que envegonhou a "classe" dele. @SantarossaMarcy

    ResponderExcluir
  4. Na minha humilde opinião este foi a gafe do seculo. Não tem nem como se desculpar, acho o fato dele aparecer no outro dia pedindo perdão foi ainda pior. Não é a profissão que faz o homem e sim o carater e ele demonstrou não ter nenhum.

    ResponderExcluir